Após anos paralisadas, cirurgias eletivas ginecológicas voltam a acontecer em Mossoró

Imagem: Reprodução

Na manhã da última sexta-feira (8), foram retomadas as cirurgias eletivas ginecológicas na cidade de Mossoró. Esse tipo de cirurgia estava paralisado há muitos anos, gerando uma fila de quase 800 mulheres aguardando a oportunidade de realizar procedimentos cirúrgicos no setor de ginecologia.

A retomada do serviço foi possível a partir de uma parceria com a Prefeitura de Mossoró, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a Associação de Assistência e Proteção à Maternidade e à Infância de Mossoró (APAMIM). Segundo registro do hospital, já estão agendados 60 procedimentos cirúrgicos no setor de ginecologia para serem realizados neste mês.

Danielle, que acompanha de perto o sofrimento de sua mãe por vários meses, comemorou ao ser contatada sobre o agendamento da cirurgia. “Fiquei sem acreditar, esperamos muito por esse momento. Minha mãe vem tendo problemas cada vez mais graves, inclusive sangrando com frequência. Quando procurávamos respostas no ano passado, éramos ignoradas. Em agosto ela chegou a desmaiar. Graças a Deus esse sofrimento vai acabar.”, relatou ela ao Diário de Mossoró.

O drama na vida da mãe de Danielle e família não é diferente das centenas de pacientes que aguardavam a volta das cirurgias eletivas ginecológicas.

A Secretaria Municipal de Saúde orienta que as pacientes estejam atentas ao telefone de contato, além de realizar os passos prévios como por exemplo atendimento médico e exames necessários.