Após críticas da população por promover ‘briga política’ na pandemia, Isolda cobra governadora por vacinas para Mossoró

Imagem: Eduardo Maia

Após críticas da população, principalmente nas redes sociais, a deputada estadual Isolda Dantas (PT) voltou atrás e passou a cobrar a governadora Fátima Bezerra (PT) por mais vacinas para Mossoró. A deputada apresentou requerimento na Assembleia Legislativa e também fez pronunciamento sobre a cobrança nessa terça-feira (27).

No domingo (25), assim que doses de Coronavac passaram a ser indisponíveis na cidade, e para evitar que a população cobrasse a governadora Fátima Bezerra por vacinas estocadas, a deputada optou por acusar a Prefeitura de Mossoró de estar aplicando as doses de forma desordenada. De acordo com a parlamentar, o município teria usado doses reservadas para ampliar o público de vacinação.

No entanto, segundo informações oficias da Secretaria Municipal de Saúde, o público ampliado na campanha de vacinação está sendo vacinado com doses da Oxford/Astrazeneca e não com Coronavac, que é a que está em falta em vários municípios do país. Além disso, o Instituto Butantan teria suspendido temporariamente a produção por falta de insumos, fazendo com que menos doses de Coronavac chegassem a Mossoró.

11 MIL DOSES DE CORONAVAC ESTOCADAS

De acordo com o RN+Vacina, o Governo do RN tem mais de 11 mil doses de Coronavac em estoque como reserva técnica, exatamente para eventualidades.

Nas redes sociais, usuários passaram a usar a hashtag #LibereAsVacinasGovernadora