Aula prática ensina a produtores rurais a enxertia e poda de cajueiro

Imagem: Wilson Moreno

A terceira aula do curso de poda e enxertia, realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), em parceria com a Prefeitura de Mossoró, através da Secretaria Municipal de Agricultura e Desenvolvimento Rural (SEADRU), ocorreu na manhã desta quarta-feira, 29, em uma área de 15 hectares no Projeto Assentamento Favela, zona rural de Mossoró.

A enxertia é o processo de juntar partes de plantas para formar uma planta só. É um procedimento muito comum na agricultura e ocorre, principalmente, para otimizar o uso da planta e melhorar a qualidade de seus frutos.

“A enxertia é uma prática simples, mas precisa de uma dedicação para que o agricultor ou técnico, a pessoa que cultiva o viveiro possa fazer. Temos algumas formas de fazer a enxertia. A gente pode fazer por borbulia para o cajueiro e pode fazer por garfagem, que corta o material genético da planta e introduz numa muda na qual vai ser colocado no pote enxerto”, explicou o gerente executivo da Secretaria de Agricultura, Raniere Barbosa. Ele destaca ainda que a vantagem que o agricultor terá com o processo é ter uma muda ou planta com aspecto genético desejado.

Eudes Xavier de Lima foi um dos participantes do curso. Ele destacou a importância de conhecer e aplicar a técnica. “É muito importante para a gente porque temos um pouco da teoria e nesse curso aprimoramos o nosso conhecimento a respeito da técnica. Desse curso a gente leva um aprendizado muito grande. É de muita importância para o agricultor. O que aprendemos vamos levar para o nosso dia a dia de produtor”, disse o produtor da comunidade de Paulo Freire.