Ex-deputado do RN “ficha suja” usa celular pago pela Câmara Federal para divulgar fake news

O ex-deputado federal Betinho Rosado (PP), barrado pela lei da Ficha Limpa em 2014, vem usando um telefone celular pago pela Câmara Federal mesmo sem exercer mandato parlamentar desde 2015. A linha 61 9629-2853, utilizada por ele, está vinculada ao gabinete do deputado Beto Rosado, filho de Betinho.

O prejuízo aos cofres públicos já ultrapassou R$ 18,2 mil. Betinho Rosado é presidente estadual do Progressistas (ex-PP) e, de acordo com o Portal da Transparência da Câmara dos Deputdos, não é assessor parlamentar do filho, ou seja, o uso do celular é ilegal.

A fake news enviada ao grupo mostrava Gleisi e uma pessoa identificada, na imagem, como Adélio Bispo de Oliveira, o homem acusado de dar uma facada no presidente Jair Bolsonaro, então candidato à presidência da República.

Após contato com a reportagem, a Câmara Federal confirmou que o chip 61 9629-2853 está vinculado ao gabinete de Beto Rosado e que, de 2015 até abril de 2021, a soma das contas telefônicas desta linha usada por Betinho Rosado chegou a R$ 18.248,49. Abaixo, transcrição do e-mail enviado como resposta à reportagem:

– Este número de celular está vinculado ao gabinete do deputado Beto Rosado desde 03/02/2015. A Câmara registra gastos de R$ 18.248,49 de 2015 até o presente momento. O uso de celulares institucionais por deputados segue as normas previstas no Ato da Mesa 84/13″, diz a mensagem.

Da Agência Saiba Mais