RN: Entregadores planejam protesto contra empresas e pedem ‘apagão’ em aplicativos

Imagem: Reprodução

As condições de trabalho dos entregadores por aplicativo do Rio Grande do Norte têm provocado insatisfações na classe. Nos próximos dias, profissionais em todo o estado estarão se juntando a um protesto nacional por melhores condições de trabalho.

As ações vão abordar campanhas de conscientização e chamar a população para aderir ao movimento Apagão dos Apps, que se articula para pedir o boicote dos clientes aos aplicativos de entrega. Os entregadores também reinvidicam aumento nas taxas repassadas pelas empresas de aplicativo aos trabalhadores, tendo em vista que uma baixa taxa repassada torna mais difícil a permanência na profissão, principalmente com os constantes aumentos no preço da gasolina.

O protesto vai mais além: os trabalhadores também reinvidicam o fim da avaliação dos trabalhadores por pontuação, subsídio para o enfrentamento à pandemia, proteção para quem trabalha no período noturno, entre outras pautas.

A data do movimento deve ser anunciada nos próximos dias.