RN se prepara para vacinar profissionais da educação

Imagem: Ricardo Wolffenbuttel

Ajustando detalhes preliminares da proposta que está em construção, o Rio Grande do Norte se prepara para vacinar profissionais da educação.

Atualmente, no RN, uma liminar impede mudanças na ordem de vacinação dos grupos prioritários do PNI – Programa Nacional de Imunizações. Nesta segunda-feira haverá uma audiência da área jurídica do Estado com o Ministério Público para tratar dessa pendência.

Pela proposta, serão utilizadas 12.355 doses da reserva técnica do Estado, considerando as fases D1 e D2, da vacina Oxford/Astrazeneca. Inicialmente terão prioridade os trabalhadores da educação da rede pública municipal e estadual, compreendendo professores e professoras que atuam em sala de aula, seguindo o escalonamento por idade de forma decrescente.

Posteriormente serão contempladas as demais categorias laborais que exercem atividades nas dependências das unidades escolares públicas, tais como merendeira, pessoal administrativo, porteiros e ASG. Na etapa seguinte serão imunizados os trabalhadores da rede privada.