Sem insumos da China, Fiocruz e Butantan interrompem produção de vacinas

Imagem: Reprodução

O Instituto Butantan interrompeu a produção da Coronavac por falta de insumos para a vacina da covid-19. Já a Fiocruz, responsável pelo imunizante Oxford/AstraZeneca, anunciou que vai interromper a produção por “alguns dias” na próxima semana à espera de insumos também vindos da China – a previsão de entrega é no dia 22. As paralisações comprometem a vacinação no País, que já sofre com a escassez de doses.

Como novas remessas foram entregues nos últimos dias, os efeitos negativos no ritmo da campanha devem se agravar após algumas semanas. Problemas na entrega da Coronavac já atrasaram a segunda dose em diversos Estados. Ontem, o Butantan entregou o último lote, de 1,1 milhão de unidades, antes de parar todas as etapas da linha de produção por falta de matéria-prima. Para maio, o instituto previa entregar ao Ministério da Saúde 12 milhões de doses, mas reduziu a previsão para pouco mais de 5 milhões.

Do IstoÉ