Vereador diz que tem servidor público que só quer trabalhar um expediente

Imagem: Reprodução

Durante sessão plenária na última quarta-feira (19) na Câmara Municipal de Mossoró, o vereador Raério Araújo (PSD) rebateu críticas a respeito da gestão municipal e negou que venha existindo perseguição política a servidores públicos municipais.

A questão diz respeito à exigência na presença dos servidores durante os dois expedientes, como manda o cronograma oficial nas Unidades Básicas de Saúde. De acordo com o vereador, o problema reside no fato de alguns servidores que não quererem cumprir com o seu expediente.

“Hoje o prefeito quer moralizar. Funcionários não querem trabalhar e hoje tem ponto e dizem que é perseguição. Se são dois expedientes, é preciso comparecer.”, acrescentou o parlamentar.